Me chamaram de caipira, pra quem chamou vou responder Sou caipira na verdade e tenho orgulho em dizer. Tenho boi na invernada, tenho boi pra vender, Tenho whisky importado pra tomar, pinga boa pra beber. Caminhonete nacional pro trabalho, importada pro lazer, Manga larga pra marchar, o quarto de milha pra correr. A loira de madrugada e a morena no entardecer, Se isso for ser caipira, eu quero ser caipira até morrer!